Ginecologia Natural


A Ginecologia Natural resgata conhecimentos tradicionais usados pelas mulheres há séculos para os seus cuidados íntimos. Ela convida a mulher a um profundo autoconhecimento e a uma maior conexão com o próprio corpo, oportunizando protagonismo, autonomia e liberdade. Lida com gentileza, respeito e delicadeza com os desequilíbrios do corpo e das emoções, buscando uma maior consciência de si e de seus processos.

A proposta não é focar nos sintomas e abordar os problemas físicos com terapias mais brandas, à base de ervas naturais, propondo alternativas à alopatia. Ela traz uma visão integral, mais ampla, observando o sintoma como um aviso de algo interno e profundo, e busca relações com as emoções e estilo de vida, olhando para o que está acontecendo naquele momento específico e, inclusive, para o que vem se repetindo no tocante aos cuidados ginecológicos.

O objetivo principal da Ginecologia Natural é o conhecimento do próprio corpo, com vistas ao autocuidado e à autonomia. Não há como praticar essa sabedoria sem auto-observação — é um tratamento no qual há uma profissional auxiliando, mas o caminho é traçado pela mulher. O protagonismo só tem espaço quando a mulher passa a entender como seu corpo e suas emoções — com as suas particularidades — funcionam, podendo assim identificar quando está se distanciando de um padrão saudável.

A Ginecologia Natural utiliza uma série de ferramentas, tendo nas plantas uma de suas maiores aliadas. Nos tratamentos, diversas técnicas e orientações podem se fazer presentes, como banhos de assento, vaporizações de útero, ingestão de chás, mudanças na alimentação, prática de exercícios físicos ou posturas de yoga, realização de meditações e visualizações, cura e bênção do útero (womb healing® e womb blessing®), reiki, aromaterapia e geoterapia, para citar algumas.