top of page
Buscas
Faça a sua

41 itens encontrados para ""

Produtos (4)

Ver todos

Posts do blog (24)

  • Quatro dicas para 2024 | #4: Terapia

    Acompanha a série de postagens "Quatro dicas para 2024", na qual compartilho ferramentas que têm me acompanhado há alguns anos e que podem te ajudar a viver de forma mais alinhada com as tuas verdades. Minha quarta dica fala sobre algo que considero imprescindível, que é a terapia. Pra mim, minha sessão de análise é absolutamente inegociável. Se tu leu a dica #3, sobre a importância de uma prática espiritual, te digo que acredito fortemente que eu não teria aceitado muita coisa que aceitei se tivesse me mantido em terapia, isso para citar apenas algumas das encrencas das quais teria me livrado (ou nem teria me metido). Na época, eu achava que a espiritualidade bastava e passei a ir na terapeuta quando eu achava que precisava, ou seja, quando a casa já estava pegando fogo. Mas não é assim que a coisa funciona, terapia não é fast food. Dica #4 para 2024: Terapia Mas pra quê, afinal, serve a terapia? A importância da terapia na saúde mental ficou evidente durante a pandemia de Covid-19, ajudando a quebrar o mito de que terapia é pra quem “não está bem da cabeça” e preconceitos do tipo. Exteriorizar nossos conflitos, nossos medos e nossas angústias, em primeiro lugar, é permitirmo-nos entrar em contato com o que nos afeta e nos assola. Podemos ouvir a nós mesmos. Somos ouvidos. A partir daí, temos a oportunidade de fazer vir à tona nossa própria versão do desamparo humano para então lidar com ele e passar a pensar em formas mais interessantes de tapar esse vazio do que os nossos bons e velhos sintomas de sempre (considerando que eles não estão mais nos servindo ou dando conta do recado). Mas, para a psicanálise, linha em que eu atuo atualmente, vai precisar mais do que um desconforto, mais do que a mera necessidade de mudança. Não há processo analítico possível sem que a pessoa o deseje. A pessoa tem de estar disposta a dialetizar seus problemas, suas crenças. É preciso, mais do que desejar “se livrar” de seu sintoma, ter pelo menos uma curiosidade a respeito dele, buscando saber qual é o seu papel nessa trama. O campo de trabalho do analista não é o do sofrimento em si, mas sim o modo de relação do sujeito com seu sofrimento. Se ficou interessada(o), me escreve para marcarmos um primeiro contato.

  • Quatro dicas para 2024 | #3: Nutrição do espaço interno — prática espiritual

    Acompanha a série de postagens "Quatro dicas para 2024", na qual compartilho ferramentas que têm me acompanhado há alguns anos e que podem te ajudar a viver de forma mais alinhada com as tuas verdades. Hoje venho dar minha terceira dica pra um ano mais alinhado com a nossa verdade, que é a de estabelecer regularmente uma conexão interna, ou desenvolver uma prática espiritual que nos permita sentir de alguma forma amparados. Acessar esse lugar interno pode ser a chave para termos algum nível de segurança para lidar com a vida como ela é, com suas alegrias e seus desafios intrínsecos. Considero muito relevante acharmos meios de nutrir nosso espaço interno para que tenhamos um mínimo de estabilidade emocional para poder lidar com as dificuldades da vida quando elas se apresentam (e elas vão com certeza aparecer, queiramos nós ou não). Eu já passei por um bom quinhão de perdas e desafios desde bem nova, e a espiritualidade tem sido um dos elementos que me permitem ter estrutura para me manter o melhor possível mesmo nesses períodos Dica #3 para 2024: Nutrição do espaço interno — prática espiritual Uma prática espiritual pode te ajudar a dar sentido para o que te acontece, a acomodar o que talvez de outra forma fosse inacomodável para ti. Ela serve para coisas pequenas, como ajudar a lidar melhor com as diferenças e as dificuldades nas relações interpessoais, e também para coisas grandes, como a perda de alguém amado, por exemplo. Uma prática espiritual regular pode contribuir para que tu te torne uma pessoa mais tranquila, mais segura e inclusive mais satisfeita com a vida. Mas também preciso dizer que nem tudo são flores no caminho espiritual, ainda mais quando há uma instituição por trás dele. Tenho uma caminhada espiritual sólida, dedicada e comprometida, desde 2002. Então, nesses 22 anos, posso dizer que já vi e vivenciei um tanto de coisas. Em alguns momentos, em nome de uma espiritualidade que hoje acho ingênua, fiz escolhas que considero que não foram benéficas pra mim mesma e hoje faria (faço) muito diferente. Acredito que uma espiritualidade saudável deva conseguir equilibrar a vida espiritual e a vida cotidiana com sensatez e que ninguém deveria jamais precisar abrir mão de sua capacidade de reflexão e de questionamento diante do que é pregado por líderes ou professores religiosos. Também não compactuo com a ideia de sacrificar esta vida por uma vida futura, acredito que a espiritualidade deva te fazer um ser humano melhor ao expandir tua compreensão da vida e das condições a que estamos sujeitos, e não te limitar ao incutir medos e ameaças. Um dos principais motivos que me levaram a publicar o livro Desenvolvendo sua espiritualidade é que uma prática espiritual independente, para muito além de liberdade, requer uma postura de reflexão, de curiosidade e de autorresponsabilidade, elementos que considero chave na vida de qualquer pessoa que esteja buscando viver uma vida digna e interessante. Ficou com vontade de saber mais sobre o livro Desenvolvendo sua espiritualidade — um guia para a prática espiritual independente , outra preciosidade da inglesa Lara Owen? Leia mais sobre ele aqui.

  • Quatro dicas para 2024 | #2: Geobiologia

    Acompanha a série de postagens "Quatro dicas para 2024", na qual compartilho ferramentas que têm me acompanhado há alguns anos e que podem te ajudar a viver de forma mais alinhada com as tuas verdades. Volto hoje com mais uma dica para ajudar a planejarmos um ano bacana, com mais consciência e mais alinhado com nossos propósitos. Pelo menos em relação à parte que nos cabe, né? Como virginiana que sou, sempre me interessei por assuntos de alguma forma conectados com organização e limpeza, seja interna ou externa, sutil ou grosseira. Para mim, a organização (e limpeza) externa tanto reflete a interna quanto a beneficia ou atrapalha. E isso vale para a limpeza grosseira, aquela conseguida com água e sabão, e para a limpeza mais sutil, que, embora seja da ordem do invisível, também exerce grande influência sobre nós e nossos estados mentais e de saúde, e que requer ferramentas também invisíveis para acontecer. Para realizar a limpeza pessoal e dos ambientes, há quase 20 anos, conto com o auxílio da geobiologia espiritual e dos demais trabalhos desta linha. Já ouviu falar? Dica #2 para 2024: Geobiologia espiritual, limpeza e harmonização pessoal A geobiologia espiritual — ou geobiologia dévica — provém de um conhecimento baseado na interação entre o espaço construído e a saúde das pessoas que usufruem desse espaço, oferecendo uma limpeza profunda ao neutralizar ou transmutar as energias nocivas que prejudicam a vida no planeta. Essa técnica foi desenvolvida por Christan Hummel, que durante um tempo pesquisou sobre despoluição e harmonia ambiental com Drunvalo Melchizedek (geometria sagrada), Bob Dratch (frequências de som) e Slim Spurlim (aparelhos quânticos). Ela então reuniu esses conhecimentos ao seu trabalho e o chamou de geobiologia. A geobiologia vale-se de um ritual que primeiramente limpa o ambiente e depois faz uma energização e o ancoramento espiritual para que o espaço se mantenha harmonizado e em consonância com suas qualidades primordiais. Essa técnica atua em colaboração com os nossos anjos da guarda pessoais, com os devas do local, com a energia crística e de São Miguel, entre outros guias e protetores dessa egrégora. Eu o realizo a distância e para isso, preciso somente do endereço completo do local que se deseja curar. Na Geobiologia Ambiental, curam-se: energia verde elétrica nociva (toda a contaminação elétrica — aqui incluem-se as antenas de todos os tipos); veios de água subterrâneos poluídos; rede de linhas Hatmann, Curry e Peyré (linhas magnéticas que formam uma rede cobrindo toda a superfície da terra e que fazem parte da fisiologia do planeta, não apresentando qualquer risco, mas que, quando se cruzam, podem alterar o comportamento de tecidos e órgãos, modificando a química celular e o processo hormonal); zonas geopáticas nocivas (tudo o que acontece de bom ou de ruim deixa sua vibração impregnada no local, que vão se acumulando - são os registros da história passada da Terra); energias nocivas de vizinhos; formas-pensamento negativas (nossos pensamentos permanecem como formas presentes no astral, interferindo na nossa energia e nas situações que atraímos para nossa vida); energias de falecidos; energia preta (magias, inveja, maldições); memória de parede (as paredes guardam o registro de tudo o que acontece dentro de um imóvel); memória celular negativa (onde alguém toca, deixa sua energia, boa ou ruim, que vai se espalhando pelo local). As energias são medidas antes e depois do trabalho e eu dou um feedback depois que o trabalho tiver sido realizado. É aconselhável também fazer o trabalho de limpeza e harmonização pessoal das pessoas que moram nesse local, porque tanto são influenciados pelo ambiente quanto o influenciam. Esse trabalho também é feito a distância e só preciso do nome completo da(s) pessoa(s). Na Limpeza e Harmonização Pessoal, são limpos e/ou alinhados: corpo físico corpo etérico corpo mental corpo emocional formas-pensamento negativas energia preta energia de falecidos Além do trabalho de limpeza e harmonização dos espaços e de pessoas, pode-se também fazer a limpeza e harmonização de: animais carros empreendimentos e empresas processos jurídicos relacionamentos vida profissional e finanças Se te interessou por algum dos trabalhos da geobiologia pra começar 2024 do zero, entra em contato comigo.

Ver todos

Outras páginas (13)

  • QUEM SOMOS | Lótus 22

    Quem somos A Lótus 22 A Lótus 22 tem como proposta apoiar a ampliação da consciência de si, de processos internos e da ação de cada um no mundo. Difícil separar a Lótus 22 da minha trajetória pessoal. Ela nasceu da minha aspiração e do meu companheiro de alinhar vida, espiritualidade e ação no mundo de forma coerente entre o que pensamos, sentimos e fazemos. Embora eu ainda conte com o apoio dele em muitas situações, a Lótus vem se transformando em uma criação minha. Havia passado os últimos anos me reinventando, redescobrindo e reorientando tanto minha vida pessoal como a profissional. Estava ensaiando os primeiros passos com a Editora, voltando a trabalhar com grupos e redirecionando meus atendimentos terapêuticos. A lótus, a flor que nasce no lodo e não se contamina, é um símbolo espiritual muito rico nas tradições orientais, e ressoava com o que eu estava vivendo e com o que ainda estava por vir. O 22 é um número cabalístico muito especial que se repete em minha história. A Lótus 22 é um empreendimento vivo, orgânico, que incorpora aquilo que vou descobrindo e que vai fazendo sentido, consonante com a mudança que pretendo para mim mesma e para o mundo. Por isso, ela tem um olhar no trabalho interno (pois acredito que as coisas só mudam de dentro pra fora) e nas ações externas, que surgem a partir do que acessamos e acomodamos internamente. A tentativa é ganhar liberdade dentro de nós, ampliando nossa capacidade de abarcar a realidade e, assim, melhorar a qualidade da nossa ação no mundo. A partir dessa motivação, a Lótus 22 oferece às mulheres espaços de escuta, cura e transformação por meio de psicoterapia transpessoal, ginecologia natural, círculos de mulheres, cursos e encontros que abordam a ciclicidade da mulher e outras questões que dizem respeito ao universo feminino e suas relações com os outros seres e com a natureza. A Lótus 22 também desenvolve publicações que atuam como ferramentas para trabalhar essas temáticas. Atendimentos Terapêuticos Espaço de escuta, cura e transformação por meio de psicoterapia transpessoal, ginecologia natural e mais. Saiba mais Publicações A Lótus 22 cria ferramentas para apoiar, com diferentes temáticas, as mulheres e o universo feminino. Saiba mais Círculos de Mulheres Vivências para apoiar, reconhecer, integrar, honrar e celebrar a sabedoria e a potência coletiva feminina. Saiba mais Eventos Acompanhe aqui os próximos cursos, círculos de mulheres e as datas da Benção Mundial do Útero (BMU). Saiba mais

  • Desenvolvendo sua Espiritualidade | Editora Lótus 22

    Desenvolvendo Sua Espiritualidade Sobre a Autora UM GUIA PARA A PRÁTICA ESPIRITUAL INDEPENDENTE ​ "Para mim, e para muitas das pessoas que criaram sua própria versão de uma vida espiritual, essa liberdade de integrar aspectos de diferentes tradições – para compor novas – é rica e nutridora. Entretanto, como todo caminho que vale a pena seguir, uma abordagem criativa e sincrética também tem suas potenciais dificuldades. Ao nos ancorarmos em práticas transculturais e ao mantermos um bom contato com nossa sabedoria instintiva inata, podemos evitar nos perder ou sair do curso. Os 13 capítulos neste livro foram designados para auxiliar nesse processo." — trecho da introdução de Desenvolvendo sua Espiritualidade, de Lara Owen O livro DESENVOLVENDO SUA ESPIRITUALIDADE, de Lara Owen, é um guia para a prática espiritual independente, auxiliando o leitor a desenvolver sua vida espiritual sem a necessidade de se converter a uma religião ou de estar sob a tutela espiritual de algum guru ou professor espiritual. Oferece um caminho de internalização e de contato com o mundo espiritual a partir de rituais, do silêncio e da abertura a algo maior e sobretudo da autoinvestigação. ​ Cada uma das 13 lições propostas vão ajudar você a aprofundar sua relação com sua sabedoria interior, a desenvolver uma base sólida para criar seu caminho espiritual e a desenvolver a consciência do que funciona para você. A Dra. Lara Owen passou por treinamentos e práticas com professores espirituais de várias tradições e em muitas partes do mundo. Tem oferecido cursos e workshops sobre a prática espiritual em geral e, em específico, para mulheres e sua corporificação a partir da atenção ao ciclo menstrual e sobre a pós-menopausa. Para saber mais sobre seus cursos e textos disponíveis atualmente, visite seu website, laraowen.com . Lara é autora de vários outros livros, incluindo o renomado Seu sangue é ouro , também publicado pela Editora Lótus 22. Ficha Técnica 1ª edição | 2023 Brochura | 256 páginas 14cm x 21cm Tradução: Josiane Tibursky Leia um trecho do livro Conheça o novo livro da Lara Owen: Desenvolvendo sua Espiritualidade Nome E-mail Quero receber Você nos autoriza a enviar e-mails com novidades. Você pode se descadastrar a qualquer momento. Fique tranquila, também não gostamos de SPAM. Tudo certo! Confira seu e-mail em instantes. Lançamento Desenvolvendo sua Espiritualidade R$ 74,90 Preço ADQUIRIR

  • PUBLICAÇÕES | Editora Lótus 22

    Ferramentas para o dia a dia Publicações A editora surge com o objetivo principal de publicar livros com assuntos do universo feminino, para que, a partir do conhecimento, as mulheres possam fazer as transformações que desejam em suas vidas e no mundo, com vistas a uma sociedade mais harmoniosa, igualitária e consciente. ​ Uma sociedade que entende e reverencia a mulher e seus processos cíclicos é uma sociedade que respeita a natureza, que a entende como Mãe Terra, que percebe a inter-relação entre todos os seres e que se coloca a favor da vida. Seu Sangue é Ouro Seu Sangue é Ouro marcou a estreia da Editora Lótus 22, que já existia formalmente há mais de quatro anos. Publicar este livro, um clássico da literatura sobre saúde e espiritualidade feminina, nasceu da vontade de criar um grupo de estudos deste livro, que foi publicado pela primeira vez em 1993, mas cuja edição mais recente já estava esgotada no Brasil. ​ Após contatar diretamente a autora, Lara Owen, em 2019, e receber um empurrão de alguém muito especial, nasceu, então, a nova edição brasileira, tradução da edição inglesa de 2008, que foi revista e ampliada, e que se tornou a primeira publicação da Lótus 22. Saiba Mais Oráculo da Mulher Cíclica O Oráculo da Mulher Cíclica, de 2021, foi a segunda publicação da Editora Lótus 22, e a primeira de autoria de Josiane Tibursky. Ele foi criado para que as informações sobre as relações entre o ciclo menstrual e as fases da lua estivessem ao alcance em um formato breve, prático e atraente. ​ A inspiração para a criação do Oráculo veio da experiência da autora de conexão com o seu próprio ciclo menstrual. Mais do que uma ferramenta para o autoestudo, a intenção é que ele seja usado de forma a criar um tempo ritualizado de cuidado amoroso e olhar para si, para que se possa acessar os saberes que vêm com esse estudo e contemplação. Saiba Mais

Ver todos
bottom of page